O Xposed Framework é uma solução há muito conhecida por quem gosta de explorar o máximo da personalização do seu dispositivo Android. Infelizmente, um dos programadores da aplicação afirmou que o Android Lollipop tornou praticamente impossível o uso do Xposed.

Quem faz essa afirmação é o utilizador do fórum XDA Developers, rovo89, o programador por trás do popular Xposed. Segundo o mesmo, a aplicação apresentou severas incompatibilidades com o modo ART presente no Android Lollipop. Nas versões anteriores do Android, não havia problemas com o Dalvik runtime.

Infelizmente, ele disse que a última versão para programadores do Lollipop não ajudou muito. O ART acabou por invalidar todo o seu trabalho, e ele terá que recomeçar praticamente do zero, e aprender a programar nesse novo modo. Ele pede, portanto, paciência, pois há muitos obstáculos pela frente.

Inclusive, rovo89 afirma que o ART não é o único problema para ser solucionado. A Google também fortaleceu o SELinux. Este é um módulo do kernel Linux que dá ao Android uma série de ferramentas para reforçar a segurança, contudo acaba por bloquear acessos e acções necessárias para o Xposed funcionar.

 

 

Logo, uma das únicas saídas vislumbradas por rovo89 seria a criação de um novo kernel, imagem de boot. Essas mudanças, contudo, seriam drásticas demais apenas para fazer a sua aplicação funcionar.

Com tantos problemas assim, rovo89 reconheceu que não vai conseguir prosseguir sozinho. Tanto que pediu ajuda á comunidade. Os pre-requisitos é o conhecimento de linguagens avançadas como o assembler/bytecode. Pode informar-se mais no tópico do próprio programador.

Relacionado:
Nokia Pixel, com Android 7.0 ?

Aos utilizadores desta ferramenta que não tem condições de ajudar, resta apenas a esperança de que ao menos novos dificuldades não surjam. Ou, ao menos, que não sejam de tão grande proporção.

 

 

Fonte: TudoCelular