Android Geek
O maior site de Android em Português

Analise Mi5S Plus - O peso pesado da Xiaomi

A Xiaomi lançou recentemente o seu novo topo de gama, o Xiaomi Mi5S. Em conjunto com o Mi5S foi lançada uma versão mais poderosa do equipamento, chamada de Mi5S Plus. Hoje trazemos a nossa opinião mais detalhada sobre esse equipamento.

Tive o privilégio de o usar durante algum tempo como se de o meu smartphone particular se tratasse, e por isso vou tentar relatar o melhor possível, a experiência que tive com ele.

Antes de de começar a falar-vos do telefone propriamente dito, gostava de salientar que como dou primazia à verdadeira experiência de utilizador, deixei os testes de benchmark para o fim, resisti à tentação de os correr durante o tempo em que fiz dele o meu telefone pessoal. No entanto não podia deixar de os fazer, mas numa fase final dos testes que estive a realizar.

IMG_20161103_193620.jpg

Xiaomi Mi5s Plus: Unboxing

Dentro da caixa podemos encontrar tudo aquilo que normalmente encontramos dentro da caixa de qualquer smartphone. Além do telefone, temos um manual de instruções com o clip para tirar a slot para o cartão, uma capa protetora, cabo USB que neste caso é do tipo C e o devido carregador.

IMG_20161103_193701_2.jpg

O telefone vem com as seguintes características técnicas:

Ecrã LCD de 5,7 polegadas com resolução FullHD (1920x1080) e 386ppi Câmara Traseira Dupla de 13MPx e abertura f/2.0
Processador Qualcomm Snapdragon 821 - Quad Core a 2,35Ghz Câmara Frontal 4MPx com abertura  f/2.0
GPU Adreno 530 Bateria Não removível de 3800mAh
RAM 6GB Sistema operativo MIUI 8 baseado no Android Marshmallow
Memória Interna 128GB Conetividade Bluetooth, 3G, 4G, GPS, WIFI, GSM,EDGE, GPRS, UMTS, HSPA, HSPA+, dual-SIM

 

Xiaomi Mi5s Plus: Design e Ecrã

Tal como seu nome indica, o Xiaomi Mi5s Plus é maior que o "regular" Mi5s, e a principal diferença está no facto dele possuir um ecrã de 5,7 polegadas. Apesar de apresentar boas cores, cores vivas, brilhantes e muito detalhadas, este ecrã merecia uma resolução superior. A resolução QuadHD elevaria a qualidade do aparelho, que ainda assim merece uma nota excelente da minha parte.
Na parte frontal inferior temos os habituais botões capacitivos com boa contraluz, na parte superior temos o Led de Notificações que é altamente personalizável, o sensor de proximidade e câmara para selfies de 4MPx ultrapixel.

O telefone é quase na sua totalidade construído em alumínio, exceto a parte superior e inferior da traseira, que são as suas antenas. E já que falamos na traseira, aí ainda temos o sensor de impressão digital, as duas câmaras e o Flash Led duplo com duas cores. O primeiro sensor é um sensor RGB e o outro é um sensor monocromático. Ponto negativo é o facto das câmaras não possuírem o OIS, para um telefone de topo, a Xiaomi "fica um pouco mal na fotografia".

Imagens indisponíveis:"file" td_select_gallery_slide="slide" ids="36154,36153,36152,36151,36150,36149,36148,36147,36146,36145,36144,36135,36136"]

Na lateral direita temos o botão ON/OFF e os habituais botões físicos de volume up e volume down.
Na parte superior temos o jack para os phones de ouvido, um sensor infravermelhos e o microphone.
Na lateral esquerda temos a slot dos cartões, e na parte inferior e porta USB do tipo C e a coluna de som.

Existe um ponto muito pouco falado, mas que me saltou à vista nos testes: o facto do equipamento parecer ter íman para as impressões digitais. Ao primeiro toque no smartphone, ficam de imediato marcadas as nossas dedadas, quer seja no ecrã quer na traseira do equipamento. Apesar de não ser grave, é um ponto que a Xiaomi deveria ter tido mais cuidado.

Imagens não dísponiveis: "2" link="file" bgs_gallery_image_size="full" ids="36155,36156"]

Xiaomi Mi5s Plus: hardware e Performance

É aqui que o Xiaomi Mi5S Plus dá cartas (pelo menos no papel). O modelo testado é o mais potente da Xiaomi, possui o Snapdragon 821 da Qualcomm, 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno, não tem como falar mal desta configuração.

No uso do dia a dia é assim tão bom?

Vamos a isso...
Como era esperado, o desempenho em jogos 3D é simplesmente espetacular. Não importa que tipo de jogo vão instalar no Mi5s Plus, o telefone voa em qualquer jogo, e é um prazer poder jogar num dispositivo com estas características, com um ecrã de 5,7 polegadas.

Passei horas a jogar, e em momento algum o telefone sofreu algum problema de superaquecimento.

Imagens indisponíveis:"file" td_select_gallery_slide="slide" ids="36192,36200,36199,36198,36197,36196,36195,36194,36193"]

No dia a dia o telefone mostra-se seguro, sempre sem engasgos e muito fluido. Durante os testes muitas foram as horas que passei nas redes sociais, internet, jogos e já no final, os tão aclamados testes de benchmark. Em momento algum senti qualquer tipo de dificuldade em executar o quer que seja com o telefone. Para ser rápido e direto, estamos perante um dos melhores conjuntos de hardware presentes no mercado. A sua concorrência, poderá ser mais forte em alguns pontos, mais fraao em outros, mas o hardware presente é muito equilibrado e do topo dos atuais telefones Android.

Xiaomi Mi5s Plus: Interface de utilizador

Confesso que esta é a parte que menos me agrada no telefone. Pessoalmente sou um amante do Android puro, e confesso que tive alguma dificuldade em adaptar-me à UI da MIUI 8. No entanto tenho de admitir que o firmware é muito completo e fluido. Baseada no Android 6.0 Marshmallow a MIUI 8 tem toneladas de pequenas personalizações e ajustes que tornam possível transformar cada smartphone, no smartphone do próprio utilizador.

Entre os recursos disponíveis temos um motor de temas muito bom, onde podemos escolher entre vários temas, fontes, papéis de parede, etc.
Outra parte menos interessante, é o facto da versão testada ser a versão chinesa, que vem com algumas aplicações bloatware, que ao fim de algum tempo, se tornam irritantes, mas a boa nova, é que podemos removê-las sem qualquer tipo de problema.

Imagens indisponíveis:"file" td_select_gallery_slide="slide" ids="36191,36190,36189,36188,36186,36185,36196"]

Apesar de não ser fã do sistema MIUI tenho de admitir que fiquei bastante impressionado com o quão rápido é o Mi5s Plus com ela. O telefone é muito rápido, fluido e eu não tive qualquer soluço ou lag... simplesmente impressionante.

Antes de passar para outro ponto, gostava de referir que o smartphone vem com o sensor de infravermelhos que funciona perfeitamente. Com a aplicação pré-programada é possível usar o nosso smartphone como controlo remoto em centenas de televisões,  e que dá imenso jeito.

Screenshot_2016-11-04-00-46-00-458_com.duokan.phone.remotecontroller.png

Xiaomi Mi5s Plus: Câmara

A fotografia não é o meu forte, mas este telefone "obrigou-me" a tentar tirar o maior partido da câmara dele. A aplicação stock, permite tirar fotos muito rapidamente e com possibilidade de trabalhar com vários modos e definições.
Em situações de pouca luz, nota-se o real valor da câmara deste smartphone. Usando o modo Stereo nas configurações da câmara, as fotografias ficam simplesmente espetaculares. Ele usa a combinação do sensor RGB com o sensor monocromático, e o resultado final é brutal. O mesmo acontece usando o modo mono, onde o smartphone só usa o sensor monocromático e as fotos a preto e branco são dignas desse nome. Definição, perfeição, muito menos ruído e muito mais detalhes.

Já no modo manual, para os mais entendidos em fotografia podem ajustar algumas configurações, e criarem algo a vosso gosto. Mas essa parte deixo para os mais criativos e entendidos na matéria.

Imagens indisponíveis:"file" td_select_gallery_slide="slide" ids="36181,36180,36171,36177,36176,36178,36179,36175,36174,36173,36172,36170,36169,36168,36167,36166,36165,36164,36184,36183,36182,36141,36140"]

A câmara frontal de 4MPx digamos que é o suficiente. Tira selfies razoáveis mas nada que possamos comparar com os topos de gama de grandes fabricantes. Se comparado com smartphones como Huawei P9, Samsung Galaxy S7 ou mesmo o Nexus 6P, a câmara frontal do Xiaomi Mi5S Plus deixa um pouco a desejar.

Em relação a filmagens, o Xiaomi Mi5s Plus permite fazer vídeos a 4K, em que as imagens ficam muito nítidas e detalhadas. O seu resultado final satisfaz-me bastante, mas muitas vezes notamos a falta do OIS, e as filmagens ficam por vezes um pouco instáveis. Para uso "particular" penso que tem resultados muito satisfatórios. Somente na gravação de vídeo em 4K em locais com pouca luz, se nota que a abertura f/2.0 não é capaz de capturar luz suficiente.

Xiaomi Mi5s Plus: Bateria

A bateria sempre foi um dos pontos fortes da Xiaomi, e este dispositivo não foge à regra. Mesmo para utilizadores mais ativos, é fácil conseguir ter bateria para 36 horas de utilização. No ultimo dia de testes, onde corri todos os testes de benchmark, jogos, etc.. consegui ter mais de 6 horas de ecrã. Parece pouco? Acreditem que não é, não foram 6 horas a "passear" no facebook, foram mesmo 6 horas em que corri Antutu, assisti a vídeos, corri imensos jogos, etc.
Em estilo de comparação, com o Nexus 6P que possui uma bateria de 3450mAh com o mesmo uso, não consigo mais de 3,5 horas de ecrã, e isto demonstra bem o poder da bateria deste smartphone. São somente mais 350mAh, mas com quase o dobro da autonomia. Obviamente que a resolução FullHD do Xiaomi contra a resolução QuadHD do Nexus 6P ajuda nesse quesito, mas a diferença é muito significativa.

Xiaomi Mi5s Plus: Conclusões

O Xiaomi Mi5S Plus é mesmo um excelente smartphone. Estamos perante um equipamento cujo preço de mercado ronda os $400,  com design premium, excelente qualidade de construção, exibição agradável e afinada, especificações de ponta e uma configuração dual-câmara muito eficaz.
Tem os seus pontos fracos como todos os telefone têm. A ausência do estabilizador de imagem é uma delas, e a outra é o facto de o smartphone possuir a tecnologia QuickCharge 3.0 da Qualcomm, e a Xiaomi não disponibilizar um carregador com essa tecnologia.

Xiaomi_mi5s_plus.jpg

É um smartphone muito completo e competente, e capaz de fazer frente a qualquer smartphone atualmente no mercado, nunca esquecendo que estamos perante um equipamento que o seu preço ronda os $400, que é sensivelmente metade do valor pedido pelas grandes fabricantes mundiais pelos seus topos de gama.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais